Viva Visão: uma parceria entre o Instituto Ver e Viver e a Iguá Saneamento

O IVV deu o start no projeto Viva Visão, uma parceria no modelo In Company com a Iguá Saneamento. A primeira ação ocorreu em Cuiabá (MT), na sede da Águas Cuiabá, e começamos a levar o ciclo completo de correção visual aos colaboradores da empresa.

🤓 Foram 4 dias de trabalho conjunto com o time de sustentabilidade da Iguá, em que 314 colaboradores com renda familiar básica passaram pela triagem visual e 285 consultas oftalmológicas foram realizadas.

Após o atendimento médico identificamos que 246 pessoas precisavam usar óculos, cerca de 86% das pessoas consultadas.

Aike Ribeiro, fiscal de obras da Iguá, nos deu um depoimento sobre os impactos da iniciativa:

💬 “Eu descobri que tinha problemas de visão há 1 ano, mas pelo fato de ter o tempo corrido não consegui realizar o exame de vista. Por ser fiscal de obras atuo muito no campo, no trânsito e sempre senti essa dificuldade de olhar semáforos, visualizar placas distantes. (…) Vai me auxiliar muito no campo do trabalho e melhorar a minha qualidade de vida”.

A realização respeitou todos os protocolos de segurança do IVV baseados nos critérios da EssilorLuxottica, assegurando a proteção de todos os envolvidos na ação.

⭐️ Em breve, o projeto Viva Visão chegará a mais subsidiárias da Iguá espalhadas pelo país. Serão centenas de trabalhadores impactados em todo o Brasil, que terão acesso à saúde visual através dessa parceria.

   

IVV realiza ação no Instituto Golfinhos da Baixada

O IVV está presente na região metropolitana do Rio! 🐬 Estivemos em ação no Instituto Golfinhos da Baixada, um projeto social que tem como objetivo transformar vidas através da natação. A ideia do Golfinhos surgiu em Queimados para suprir uma carência de atividades esportivas para crianças e jovens, especialmente aquáticas, na região da Baixada Fluminense.

 

Em um contexto de desigualdade, estamos empenhados em democratizar o acesso à correção visual e contribuir para o desenvolvimento das potências de todas as localidades. Acreditamos que é fundamental descentralizar o olhar e adotar uma estratégia de inclusão e diversidade de pessoas e territórios, contribuindo para a construção de uma metrópole mais igualitária.

Em parceria com o Instituto Phi, realizamos consultas em alunos e crianças vinculadas ao Instituto. 59 foram encaminhados para a consulta oftalmológica e, dentre estes, 45 serão presenteados com óculos (e uma visão) novinhos.

A visão de qualidade será muito importante para que as crianças e jovens atendidos possam se desenvolver também fora da água. 💦
Quem disse que golfinho não usa óculos? ❤